Sistema Integrado de Gestão Administrativa: Apresentação GEA

Notícias

Sistema Integrado de Gestão Administrativa: GEA apresenta para empreendedores locais

por Governança em Foco

Objetivo é disseminar o Sistema Integrado de Gestão Administrativa para atrair mais empresas ao rol de fornecedores do Estado.

Sistema Integrado de Gestão Administrativa

Na data de 04 de Outubro de 2017,  servidores da Secretaria de Estado da Administração (Sead) e da Procuradoria Geral do Estado (PGE) marcaram presença no Giro de Oportunidades do “Fomenta Amapá”, evento realizado de 2 a 4 de outubro pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) em parceria com instituições privadas e públicas, dentre elas o Governo do Amapá.

Na ocasião, os empreendedores puderam receber das equipes de governo orientações e esclarecimentos acerca do Sistema Integrado de Gestão Administrativa (SIGA), ferramenta desenvolvida no âmbito do Poder Executivo Estadual, por onde é possível realizar a gestão dos processos administrativos, no que tange a Cadastro de Materiais, Cadastro de Fornecedores, Patrimônio e Licitação.

Segundo Joseman Pereira, diretor do Departamento de Serviços Gerais da Sead, responsável pelo gerenciamento do Sistema Integrado de Gestão Administrativa, a ocasião foi extremamente oportuna para estreitar relações com os empreendimentos de menor porte no Estado.

“Há interesse do governo em comprar destas empresas de menor porte, mas por vezes elas acabam não buscando participar dos processos tanto quanto os médios e grandes empreendimentos, por falta de esclarecimentos ou outros fatores”, pontuou.

O diretor-superintendente do Sebrae Amapá, José Carlos Alvarenga, destacou que é essencial que o pretenso fornecedor esteja preparado, capacitado e, que não menos importante, esteja informado sobre os processos de compras públicas, os quais possuem algumas regras. Ele acrescentou que o Sebrae é o grande incentivador e mobilizador, neste sentido, bem como os governos, seja municipal ou estadual, são os maiores executores e detentores do poder de compra no âmbito local.

“Unindo forças, nós conseguiremos mudar o cenário que ainda é um tanto desfavorável para os pequenos empreendedores locais”, considerou Alvarenga.

Central de Licitações

Há cerca de um ano o Governo do Amapá gerencia processos licitatórios de aquisições de bens, contratação de obras e serviços, concessões, alienações, locações e outras transações por meio da Central de Licitações e Contratos (CLC), que realiza a chamada fase externa das licitações.

A plataforma é gerenciada pela Procuradoria-Geral do Estado e garante transparência, economicidade e rapidez nas compras públicas. A PGE coordena e supervisiona os processos utilizando o banco de dados do SIGA (Sistema Integrado de Gestão Administrativa).

Os empreendedores puderam, ainda, realizar o pré-cadastro no sistema. Foi o caso de Claudio Nunes, 47 anos, microempreendedor que atua efetivamente há um ano no do ramo de comercialização de farinha de mandioca no Estado. Claudio relatou que tomou conhecimento do mecanismo de gerenciamento de compras do governo na ocasião, e manifestou satisfação com a oportunidade.

“Participar desses certames é uma grande oportunidade de crescimento. Fiz meu pré-cadastro, e segundo fui orientado, agora ficarei por dentro de todas as informações sobre os pregões para atender às demandas do Governo do Estado. Eu já tenho uma clientela fidedigna entre os supermercados locais, e almejo que o meu produto chegue a patamares mais altos”, contou o empreendedor.

De acordo com Michelly Rodrigues, assistente jurídica da Central de Licitações e Contratos, é de extrema importância atrair mais fornecedores e fomentar o cadastro, primando, claro, pela idoneidade dessas empresas.

“Na execução dos certames, nós temos algumas dificuldades, pois ainda são poucos os fornecedores cadastrados. Há alguns certames que resultam em deserto e isso nos preocupa. A intenção é, de fato, unir forças e conseguir ter acesso a mais fornecedores, para que a competitividade nos processos seja maior e consigamos ter ainda mais celeridade, economicidade e transparência em nossos procedimentos”, frisou Michelly.

Pré-cadastro e mais informações

Feito o pré-cadastro, os empreendedores devem comparecer à Sead, em dias úteis, (de 8h às 12h e de 14h30 às 18h) munidos de uma relação de documentos – a eles informados na ocasião -, para que haja a comprovação das informações inseridas no sistema.

Se estiver com todos os documentos necessários, o empreendedor recebe um certificado oficial emitido pelo Governo do Estado habilitando a sua empresa a participar dos processos licitatórios do Poder Executivo Estadual. O documento é válido por um ano.

Para mais informações sobre documentação e outros, a Sead disponibiliza o fone (96) 3084-8000. Pré-cadastros podem ser feitos no endereço www.compras.ap.gov.br.

 

 

Tags:


Cadastre-se e receba nossa newsletter

Seu e-mail foi inserido em nossa newsletter.

Feito por Santa Fé/FALOMI