Cidades Inteligentes: Campo Grande/MS na rota das cidades inteligentes

Notícias, Vídeos

Cidades Inteligentes: Campo Grande/MS (entra) na rota das cidades inteligentes!

por Governança em Foco

Cidades Inteligentes: A Prefeitura de Campo Grande, através da sua agência de tecnologia de informação e inovação – AGETEC, trouxe em agosto 2017, o evento Campo Grande SMART CITY!

Smart City: Conceito Cidades Inteligentes

Esse conceito de Cidades Inteligentes, é uma inovação tecnológica discutida nos fóruns mundiais sobre um universo sustentável para as Cidades do Futuro.

Cidades Inteligentes

A Ideia é mobilizar a sociedade civil, os Órgãos Públicos, empresas Privadas enfim, todas as categorias dispostas a pensar nas prioridades necessárias para alavancar Projetos que desenvolvam a Cidade, a ponto de torná-la uma referência em inovação no Brasil.

Esse evento é um “start”, afirma Cláudio Ramos um dos organizadores – para despertar, além de desenvolver, o pensamento exponencial das lideranças dos setores público e privado. Para isso palestrantes de fora ,com experiência no assunto, apresentaram as melhores práticas Nacionais e internacionais em inovação; casos de transformação como o da Cidade de Dubai, em Smart City e outros, foram apresentados.

A tentativa é buscar legislação que incentive o crescimento econômico através de tecnologias exponenciais; acelerar o empreendedorismo com tecnologias de inovação digital, incluindo inteligência artificial.

A presença do Prefeito Marcos Trad reforçou a importância do tema e deixou evidente o interesse da gestão municipal, em trazer maior desenvolvimento a Capital sul mato-grossense, afirmando que “Precisamos parar de administrar necessidades e urgências. Temos que planejar para gerar maior economia, desenvolvimento e trazer mais benefícios a nossa Cidade!” A tônica do discurso foi deixar um legado de modernidade para Campo Grande.

Os organizadores esperam que o evento traga essa discussão e desperte nas pessoas com a mesma sinergia, o desejo de continuidade das ações, novos eventos e investimentos.

Smart City envolve muito mais do que só o poder público; envolve toda a sociedade civil organizada, iniciativas privadas, entidades de classe, poder público, todos precisam estar bem alinhados.

Cada lugar tem sua própria identidade; uns focam muito no trânsito, outros na segurança, outros em sustentabilidade, e o evento é justamente para essa construção, como começar a suscitar qual é a identidade de Campo Grande finaliza – Cláudio Ramos da AGETEC.

Experiências de sucesso no Brasil

O Vice-Presidente de empreendedorismo e inovação da rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas – Cláudio Nascimento – falou da experiência de sucesso desse modelo em cidades como Recife, onde mora, e no RS –já estão acontecendo transformações, há muitos anos, com grandes resultados para a população.

Cláudio Nascimento comenta que “não existem cidades burras” mas é necessária essa discussão, através de workshops, eventos e outras ações, para se criar uma ambiência que de fato dê início, a criação de projetos concretos.

A Prefeitura, através da AGETEC, do sistema S com o Sebrae, da Associação Comercial e outros, estão conectados pensando nisso e pretendem, alinhar todos estes atores para dar continuidade – finaliza Cláudio Ramos da AGETEC.

 

 

Cadastre-se e receba nossa newsletter

Seu e-mail foi inserido em nossa newsletter.

Feito por Santa Fé/FALOMI